Aulas Abertas de Pesquisa do Movimento

cartaz_versao_2_aulas_15_anos

A bailarina Daniela Alvares Beskow completa 15 anos de trabalho com a dança e as artes cênicas e para comemorar está promovendo aulas abertas para compartilhar o método de treinamento que vem desenvolvendo desde 2002. A Metodologia de Criação em Dança e Pesquisa do Movimento tem como foco tanto artistas que trabalham a partir do corpo e da cena como também não-artistas, pessoas interessadas em desenvolver a ampliar as possibilidades de movimento. Serão oferecidas três aulas abertas para artistas e alunos das áreas da dança, teatro, circo, performance e áreas afins e também interessados com experiência em práticas corporais. A faixa etária mínima é 16 anos.

Blog Casarão. Qual o público alvo das Aulas Abertas?

Daniela. O público alvo são artistas e alunos das áreas de dança, teatro, performance, circo e áreas afins, mas, também, pessoas interessadas e que tenham algum tipo de experiência em práticas corporais, como por exemplo a prática de esportes. Aquela pessoa que joga futebol, faz aula de capoeira, yoga, pratica corrida, pratica artes marciais, por exemplo, e estiver interessada em desenvolver o movimento de forma criativa, está convidadíssima! Todas as pessoas tem algum experiência com movimento, sem exceção. A idéia dos treinos corporais das áreas das artes e da cena é justamente trabalhar o movimento de forma criativa e expressiva, desenvolvimento as habilidades que já se manifestam nas pessoas de várias formas.

Blog Casarão. Fale um pouco de sua trajetória enquanto artista e professora.

Daniela. Eu comecei a dar aulas em 2005. Com o objetivo de experimentar e aplicar a técnica de treino que vinha desenvolvendo desde 2002 coordenei minha primeira turma de alunos durante um ano. Era o Grupo de Criação em Dança. E foi justamente no Centro Cultural Casarão onde se deu essa primeira experiência! Foi um aprendizado bastante rico, pois, desenvolvi na prática o que vinha elaborando em sala de ensaio e também na experiência enquanto artista durante os três anos anteriores. O grupo era composto de 8 a 12 pessoas, algumas com experiência na área das artes e outras não. Desde então já venho dando aulas tanto para grupos como para indivíduos, para artistas e não-artistas. Em relação à minha trajetória enquanto artista, venho desenvolvendo um trabalho solo e com parcerias desde 2002, através da pesquisa de linguagem na área da dança e artes cênicas. Já apresentei 20 solos – em caráter de apresentação única e como resultado de etapas de pesquisa – e alguns trabalhos em grupo e duos. Atualmente faz parte do meu repertório o solo “Poesia sobre o Peso. Metáforas sobre a Vida e a Morte”, apresentada no Casarão em 2015 na mostra Solos de Dança”.  Frequentei uma faculdade de artes (que é minha segunda graduação) anos depois quando já trabalhava como artista. Primeiro fiz Ciências Políticas (Unicamp) e depois Comunicação das Artes do Corpo (Puc-sp). Atualmente faço mestrado em Artes Cênicas na Unesp de São Paulo e pesquiso dramaturgia cênica a partir de teorias feministas, tendo como foco as mulheres em cena.

Blog Casarão. Qual será o teor das aulas?

As aulas são fruto da Metodologia de Criação em Dança e Pesquisa do Movimento, nome que dei ao método de treinamento que desenvolvo há 15 anos. Os impulsionadores desse método são cinco áreas de conhecimento: a arte marcial interna Tai Chi Chuan; o estudo do movimento dos felinos; a música; a fotografia; e a palavra escrita. Tenho experiências diversas com essas áreas e elas vem originando um método híbrido de treinamento corporal, onde alguns dos temas principais de pesquisa são: o silêncio; a respiração e o ar; o peso e  chão; a ampliação da percepção e sensibilidade; a percepção de si e do outro através da noção de relação; questionamento e recriação do tempo e do espaço;o desenvolvimento muscular através da relação entre movimentos isométricos e isotônicos; entre outros.

” O objetivo das aulas abertas é o compartilhamento de técnicas de trabalho entre artistas e interessados. Atualmente vivemos em um momento que coloca cada vez mais a necessidade de trabalharmos em coletivo, nos fortalecermos, compartilharmos saberes e ações. Diversos ataques tem sido realizados contra várias áreas profissionais e direitos sociais nos últimos meses. A área das artes tem um histórico de desvalorização por parte dos poderes públicos não apenas no Brasil, mas, em muitos outros países. Tem havido avanços na última década, mas, que vem sido ameaçados atualmente. Nesse sentido, gostaria não apenas de comemorar os 15 anos de minha trajetória enquanto profissional das artes, mas, também, de colocar à disposição o conhecimento que venho desenvolvendo e ampliar a conexão entre os profissionais da áreas e interessados em conhecer a aprender. Venho oferecendo aulas práticas na área da dança e artes cênicas desde 2005 e nesse momento lanço o novo conjunto de aulas, elaborados em novo formato. O objetivo é lançar as aulas agora em novembro e dezembro e continuar oferecendo-as em outros espaços em função das vendas do curso. Um dos formatos de ocupação do espaço do Centro Cultural Casarão se dá através de trocas. As aulas abertas são resultado de trocas com o espaço, pensadas a partir da relação da sociedade civil com os espaços públicos. No momento me coloco esperançosa em relação à organização da sociedade civil e poder público no sentido de que se fortaleçam as ações de valorização da arte e da cultura, valorizando e fortalecendo contextos de remuneração dos profissionais das artes e também de reconhecimento e apoio às práticas culturais da cada cidade, bairro, região.” (texto fornecido pela autora. Texto na íntegra: http://www.danielaalvaresbeskow.com/?page_id=1370)

Serviço:
Aulas abertas e gratuitas de Pesquisa do Movimento
*Compartilhamento da Metodologia de Criação em Dança e Pesquisa do Movimento
*Inscrições: dab@inventati.org*

Público Alvo: Artistas e alunos das áreas de dança, teatro, performance e circo; e pessoas com experiência em práticas corporais e interessados em desenvolver a pesquisa do movimento de forma cênica, criativa e artística.
Faixa etária: a partir de 16 anos

19/11: Respiração e Movimento: possibilidades de criação 14h-17h30
26/11: Peso e Movimento: possibilidades de criação 13h-16h30
03/12: Extremidades e Centro: possibilidades de criação 14h-17h30

Local: Centro Cultural Casarão. Barão Geraldo, Campinas-Sp. Rua Maria Ribeiro Sampaio Reginato, s/n. Km 15 da Estrada da Rhodia. Tel. 3287-6800
www.danielaalvaresbeskow.com/ www.vimeo.com/danielaalvaresbeskow/www.facebook.com/Tumulto-Produções-Artísticas
evento no face: Aulas Abertas Pesquisa do Movimento com Daniela A. Beskow

Sobre a artista:
Daniela é Bailarina. Graduada em Artes do Corpo (puc-sp) e mestranda em Artes Cênicas (unesp-sp). Desenvolve a Metodologia de Criação em Dança e Pesquisa do Movimento desde 2002. Faz parte do seu repertório o solo “Poesia sobre o Peso. Metáforas sobre a Vida e a Morte”, apresentado no Projeto Primeiro Passo (Sesc Pompéia 2010) e no Camdança Festival de Dança Contemporânea de Campinas e Região (2015) e outros. Foi contemplada com o prêmio Minc de Intercâmbio e Difusão Cultural (2013) em parceria com outras artistas. Pesquisou a relação público-artista no teatro fechado (cnpq 2013) e no teatro de rua (2013). Atualmente pesquisa dramaturgia cênica, feminismo e mulheres em cena (cnpq 2015-2017). Participou de diversos cursos livres nas áreas de dança e teatro e desenvolveu parcerias com artistas da dança, teatro e música. Dentre alguns temas que pesquisa se destacam: o silêncio, a respiração e o movimento dos felinos. Dos solos se destacam a tetralogias “Sobre o Silêncio” (2006-2009) e a trilogia “O Sonho do Leão” (2009)

foto_divulgacao_15_anos

Grupo de Criação em Dança, coordenado pela artista em 2005 no Centro Cultural Casarão:

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Anúncios