Companhia de Teatro Vacas Profanas

A Companhia de Teatro Vacas Profanas foi fundada em 2013 por atores formados no curso de graduação de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp/SP. No decorrer deste percurso desenvolveram afinidades artísticas que possibilitaram a parceria. Dentre os trabalhos realizados destacam-se: “Idéias Fora de Lugar”, baseado na obra de Machado de Assis (2012), direção: Matteo Bonfitto; “Macbeth”, de William Shakespeare, direção: Verônica Fabrini (2012); “Os Sete Gatinhos”, de Nelson Rodrigues, direção: Mário Santana (2013); “Assim é (se lhe parece)”, direção: Isa Kopelman (2013); e “O Casamento do Pequeno Burguês”, direção de Luiza Zaidan e orientação de Verônica Fabrini e Marcelo Lazzaratto (2013). Em 2012 a Cia. Vacas Profanas apresentou – no 13º Festival do Instituto de Artes da Unicamp (FEIA13) – o exercício performático: “Quem é este homem ensanguentado?”, dirigido por Verônica Fabrini. Em 2013 o espetáculo “Macbeth” foi parte da programação da Mostra Experimentos TUSP do Teatro da USP e também do FEIA14. Em 2014 o espetáculo: “O Casamento do Pequeno Burguês” foi apresentado no X Festival Internacional de Teatro de Campinas (Feverestival), e no Centro Cultural Casarão do Barão – Campinas – SP. Neste mesmo ano a Cia. participou do evento “Remember Me” em comemoração aos 450 anos de William Shakespeare com a relização da performance “MacFlash” baseada na obra “Macbeth”. Ainda em 2014, em parceria com a Honesta Companhia apresentou a montagem do espetáculo de rua “Antígona”, textos de Sófocles e Brecht, dirigido por Verônica Fabrini, apresentado no X Festival Internacional de Teatro de Campinas (Feverestival) e no Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau (FITUB). No ano de 2015 com o espetáculo “O Casamento do Pequeno Burguês” a Cia. Vacas Profanas participou da 30° edição da Campanha de Popularização de Teatro de Campinas, foi contemplada pelo Edital de Ocupação do Teatro Municipal de Campinas “José de Castro Mendes”, apresentou-se no Festival Internacional de Teatro de Curitiba (FRINGE) e no Festival de Teatro Cacilda Becker – Pirassununga-SP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s