O PRÍNCIPE DU’AZUL

Cartaz dia das crianças.pngMusical infantil para crianças de todas as idades.
“O Príncipe du’Azul” é um sexteto onde todos os integrantes tocam e cantam.
O trabalho 100% autoral tem uma sonoridade que busca valorizar as raízes musicais brasileiras sem deixar de ser contemporâneo. Uma musicalidade alegre, dançante, divertida e atraente, com conteúdo recheado de poemas, mensagens, paisagens e cores que ajudam no saudável desenvolvimento intelectual, emocional e físico da criança.
No show, além de executar músicas o grupo conta histórias e realiza performances teatrais buscando interagir com o público. Uma atividade que “dá bastante corda” para dançar, saltitar e sonhar no imaginário infantil, proporcionando o despertar de sentimentos nobres como a amizade, a solidariedade, a compaixão, a verdade, a veneração, o respeito, o amor pelo próximo e pelos elementos da natureza.

 

Dia 12 de outubro às 17 horas!

O evento tem entrada franca e a colaboração é espontânea no chapéu.
 
Integrantes:
Pedro Ivo – Voz, violão e berimbau
Ale Vilhena – Voz, flauta transversal e percussões
Moreno Overá – Voz e viola caipira
Ricardo Vieira – Xilofone e escaleta
Waldyr Neto – Zabumba
Iago Tojal – Voz e baixo elétrico
 
Tobias Rezende: Animação e comunicação
Denis Jordão: Produção local

Apoio:

Sorveteria Sorvete em Camadas

Praça do Côco

Barulhando: Brinquedos Inteligentes

Anúncios

Casarão das Violas

20988379_1684621571548009_101372680207896232_o.jpg

Programação:

1/09 Sexta Feira
20h Circuito das violas Paulistas : Show com Levi Ramiro, Cícero Gonçalves, João Arruda, Edu Guimarães, Marcelo Falleiros, Dara Pimentel, Marcos Azevedo, Rodrigo Nali e Rafael.
22h Viola Apavorada no quintal do Casarão
Contos e cantos de assombração com Paulo Freire & almas soltas.
(Classificação indicativa: maiores de 12 sem medo de assombração)👹👻👻

02/09 Sábado
20h Vinícius Muniz (J. S. Bach – Viola Brasileira)
20h30 Grupo Conversa Ribeira

03/09 Domingo
17:00h Orquestra Filarmônica de violas convida Ricardo Hertz (violino)
(Primeira sessão)
19h30 Orquestra Filarmônica de violas convida Ricardo Hertz (violino)
(Segunda sessão)

Esse encontro nasce de uma vontade antiga de reunir diversos violeiros no Casarão, já que o nosso espaço vem sendo um importante reduto de violas e cantorias. Por isso, o objetivo desse Casarão das Violas, é dialogar com artistas que estão pensando, tocando, estudando e sonhando com esse instrumento tão precioso para a nossa cultura popular. Trata-se de uma vivência entre plateia e músicos que tem o intuito de celebrar os inúmeros sons da viola caipira e suas diversas possibilidades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resvala em Silêncios

20914237_1006808536088875_6818532224277936297_n.jpg

É com imenso prazer que o grupo Dançaberta convida a todos para as apresentações de seu mais novo espetáculo “Resvala em Silêncios”. O espetáculo foi contemplado pelo PROAC Produção e Circulação em Dança 2016.

26 de agosto às 20h
27 de agosto às 19h

Centro Cultural Casarão do Barão
R. Maria Ribeiro Sampaio Reginato, S/N,
Campinas – SP, 13085-608

Ingressos no chapéu!
Retirada de ingressos uma hora antes do espetáculo.

No dia 27 de agosto também realizaremos a oficina “Construção de estados corporais e processos criativos em dança” – inscrição e mais informações acesse: https://www.facebook.com/events/126428897993152/

Esperamos vocês!

___________________________________________________

Resvala em Silêncios

Assim, vejo-me neste espaço de mim mesma, onde aparece tudo, sem contornos, amplo, translúcido. Em torno, a luz não consegue ultrapassar a barreira criada pela névoa. Inquietante, provoca sensações reforçadas pelo silêncio deste espaço vazio. O quanto é calado ou revelado nos traços e pistas que cruzam os corpos colocados nesta atenção silenciosa?

______________________________

O Grupo

Em atividades há 16 anos, sob a direção da coreógrafa e docente Júlia Ziviani, o Dançaberta está vinculado ao Departamento de Artes Corporais da Unicamp (Campinas/SP). Formado por graduados e graduandos em Dança pela universidade, o grupo está focado na relação e na aplicabilidade de conceitos e princípios da educação somática na interpretação e na criação em dança. Destaque aos espetáculos Começar e Cutucar, vamos ver onde dá? (2009) , Entre-meios (Contemplados pelo PROAC Circulação em 2011); Escondeus (Contemplado pelo FICC em 2013) e (Des)equilibrando Avessos (Contemplado pelo PROAC Circulação de dança 2015).

_________________________________

Ficha técnica:
Concepção e Direção: Julia Ziviani
Assistentes de direção: Cléo de Paula e Júlia Ferreira
Preparador corporal: Fabrício Fernandes
Pesquisa de movimento: Ayumi Hanada, Bia Frade, Bruno Harlyson, Cléo de Paula, Fernando Vitor, Flávia Pinheiro e Robson Lourenço
Intérpretes: Ayumi Hanada, Cléo de Paula, Bruno Harlyson, Flávia Pinheiro e Robson Lourenço
Trilha Original: Marcelo Onofri
Acordeon: Eduardo Guimarães
Piano: Marcelo Onofri
Concepção de Figurino: Brígida Cruz
Execução de figurino: Doroty Inês Dotta de Lima
Iluminação: Antônio Rodrigues e Julia Ziviani
Fotografia: Silvia Machado
Arte gráfica: Leonardo Lin
Assessoria de imprensa: Richard Pfister e Tiago Gonçalves
Coordenação de produção: Ayumi Hanada
Produção: Ayumi Hanada, Bruno Harlyson, Daniel Clude, Fernando Vitor, Flora Viviani e Júlia Ferreira

____________________________

Realização:
– Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo
– PROAC
– Grupo Dançaberta